Preloader

Inovação

Suécia inova com aeroporto que já nascerá sem torre de controle

segunda-feira, 21 de outubro de 2019
Suécia inova com aeroporto que já nascerá sem torre de controle

O uso de sistemas virtuais para o monitoramento de tráfego aéreo tem levado à aposentadoria das torres de controle de aeroportos de todo o mundo. Mas, na Suécia, um novo aeroporto dará um passo além: o Scandinavian Montains Airport, que será totalmente operado por controladores remotos, será o primeiro do mundo a já ser inaugurado sem uma torre de controle, segundo registra o Lonely Planet, portal especializado em viagens.

Com suas obras na fase final, o aeroporto deve ser inaugurado no dia 22 de dezembro. O monitoramento de pousos e decolagens, 100% virtual, será feito por controladores que estarão a cerca de 300 km de distância, na cidade de Sundsvall. Os profissionais receberão os dados necessários para gerenciar o tráfego aéreo e orientarão o voo com o uso de câmeras e sensores especiais instalados no terminal.

LEIA TAMBÉM:
Com a Latam, Escandinávia e AL voltam a ter voo direto para transporte de carga
Na Suécia, a "vergonha de voar" já afeta a indústria da aviação
Scandinavian Airlines e Airbus lançam projeto para desenvolver avião elétrico

O centro nervoso de Sundsvall já cuida dos voos do pequeno aeroporto de Örnsköldsvik, no norte da Suécia, e dos do aeroporto de Sundsvall-Timra. Ambos abandonaram suas torres de controle há cerca de três anos, transferindo o trabalho para Sundsvall. Lá, os operadores têm uma visão de 360 graus dos aeroportos e seus arredores a partir de uma série de telas de alta definição penduradas nas paredes.

Esse tipo de instalação está se tornando comum em pequenos aeroportos, que não recebem muito tráfego. Na Noruega, 15 aeroportos estão fechando suas torres e transferindo operações para salas de controle remoto. Aeroportos da Europa, Estados Unidos e Austrália também já estão testando torres remotas.

O Scandinavian Montains Airport servirá principalmente ao turismo de inverno. Ele fica na cidade de Sälen, onde está também a maior estação de esqui da Suécia. Outro complexo de esquis vai se beneficiar da estrutura: é o de Trysil, na Noruega, cidade vizinha de Sälen. Em referência a ambas, o aeroporto também será conhecido como Sälen Trysil Airport.