Preloader

Meio Ambiente e Sustentabilidade

"Como se atrevem?" O tocante discurso de Greta Thunberg na ONU

segunda-feira, 23 de setembro de 2019
"Como se atrevem?" O tocante discurso de Greta Thunberg na ONU

A jovem sueca Greta Thunberg, uma das mais proeminentes ativistas ambientais da atualidade, fez nesta segunda-feira (23/9) o mais marcante discurso da Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), realizada em Nova York. Diante de líderes de 60 países, ela declarou que sua infância foi roubada por "palavras vazias".

Greta, de 16 anos, é a líder de uma crescente onda de protestos realizados em todo o mundo que têm pedido medidas mais efetivas dos governos para reduzir as emissões de poluentes causadores do aquecimento global. A mais recente dessas manifestações, ocorrida na última sexta-feira, teve adesões em cerca de 150 países, entre eles o Brasil, onde houve foi registrada em pelo menos 20 estados. 

LEIA TAMBÉM:
Aquecimento global muda ranking dos picos mais altos da Suécia
Islândia cria memorial para relembrar primeira geleira perdida para o aquecimento global
Com aquecimento global, praias da Noruega podem até sumir, diz pesquisador
Sob onda de calor, Escandinávia registra suas maiores temperaturas em décadas

"Está tudo errado", disse Greta, já no início de seu discurso. "Eu não deveria estar aqui em cima. Eu deveria estar de volta à escola, do outro lado do oceano. No entanto, todos vocês vêm a nós, jovens, em busca de esperança. Como vocês se atrevem? Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias - e, ainda assim, eu estou entre os que têm sorte. As pessoas estão sofrendo. As pessoas estão morrendo."

Na Cúpula do Clima, a jovem sueca e um grupo de outros 15 ativistas denunciaram o Brasil ao Comitê das Nações Unidas para os Direitos das Crianças, em uma ação que também incluiu Alemanha, Argentina, França e Turquia. Segundo os jovens, os cinco países não demonstram capacidade de enfrentar a crise climática, o que constitui uma “violação dos direitos” dos menores de idade.

Se o processo for bem-sucedido, a ONU classificaria a crise climática também como uma crise de direitos da criança. Com isso, Argentina, Brasil, França, Alemanha e Turquia poderiam ser obrigados a trabalhar com outras nações para estabelecer metas de redução de emissões de carbono.

Leia a seguir a íntegra do discurso de Greta Thunberg na Cúpula do Clima das Nações Unidas:

 

Minha mensagem é que nós estaremos de olho em vocês.

Está tudo errado. Eu não deveria estar aqui em cima. Eu deveria estar de volta à escola, do outro lado do oceano. No entanto, todos vocês vêm a nós, jovens, em busca de esperança. Como vocês se atrevem?

Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias - e, ainda assim, eu estou entre os que têm sorte. As pessoas estão sofrendo. As pessoas estão morrendo. Ecossistemas inteiros estão entrando em colapso. Estamos no início de uma extinção em massa, e tudo o que vocês conseguem falar é sobre dinheiro e contos de fadas do eterno crescimento econômico. Como se atrevem?

Já faz mais de 30 anos que a ciência tem sido muito clara. Como vocês ousam continuar a desviar o olhar e vir aqui dizer que estão fazendo o suficiente, quando as políticas e soluções necessárias ainda não estão aparecendo?

Vocês dizem que estão nos ouvindo e que entendem a urgência, mas não importa o quão triste e zangada eu esteja, eu não vou acreditar nisso. Porque se vocês realmente entendessem a situação e ainda assim continuassem a não agir, então vocês seriam maus, e eu me recuso a acreditar nisso.

A ideia popular de reduzir nossas emissões pela metade em dez anos nos dá apenas 50% de chance de permanecermos abaixo de 1,5 graus e o risco de desencadear reações em cadeia irreversíveis além do controle humano.

Cinquenta porcento pode ser aceitável para você, mas esses números não incluem pontos de inflexão, retroalimentação, aquecimento adicional oculto pela poluição tóxica do ar ou os aspectos de equidade e justiça climática.

Eles também contam com a minha geração sugando centenas de bilhões de toneladas de CO2 do ar com tecnologias que praticamente não existem.

Portanto, um risco de 50% simplesmente não é aceitável para nós, nós que temos que viver com as consequências.

Como vocês fingem que isso pode ser resolvido com os negócios normais e com algumas soluções técnicas? Com os níveis de emissões atuais, esse orçamento restante de CO2 será completamente esgotado em menos de oito anos e meio.

Hoje não haverá soluções ou planos apresentados de acordo com esses números, porque esses números são muito desconfortáveis e vocês ainda não têm a maduridade suficiente para dizer as coisas como elas são.

Vocês estão falhando conosco, mas os jovens estão começando a entender sua traição. Os olhos de todas as gerações futuras estão sobre vocês, e se vocês escolherem falhar conosco, eu digo: Nós nunca iremos perdoá-los.

Nós não vamos deixar vocês escaparem disso. Aqui e agora é onde nós vamos traçar o limite. O mundo está acordando e a mudança está chegando, quer vocês gostem ou não.

Obrigada.