Preloader

Sociedade

Escandinava SAS é eleita a quarta melhor empresa aérea do mundo

quinta-feira, 9 de maio de 2019
Escandinava SAS é eleita a quarta melhor empresa aérea do mundo

A Scandinavian Airlines, mais conhecida como SAS, foi eleita a quarta melhor empresa aérea do mundo no levantamento da AirHelp, uma empresa de tecnologia que presta serviços jurídicos para passageiros que tiveram a experiência de um voo de cancelado ou atrasado. A nova edição do ranking foi divulgada nesta quinta-feira (9/5).

Na pesquisa, que existe desde 2015, a AirHelp avaliou as 72 principais companhias do mundo com base em três critérios: pontualidade dos voos (segundo a base de dados da própria AirHelp, que monitora o horário de partida e chegada das aeronaves), qualidade do serviço (segundo avaliação de passageiros) e o processamento de reclamações, item que considera a eficiência para o atendimento a pedidos de indenização de clientes.

LEIA TAMBÉM:
Norwegian estreia no mercado brasileiro e já mira outros passos no país
Após perder uma empresa aérea, Islândia agora pode ganhar até duas novas
O triste fim das operações da empresa aérea islandesa WOW Air
Ex-vendedor de rações para cães cria a mais nova empresa aérea dinamarquesa

As companhias receberam notas de zero a 10 em cada um dos critérios, que têm o mesmo peso na pontuação final. A SAS destacou-se principalmente no processamento de reclamações, trabalho que rendeu nota 9 à companhia, a mais alta nesse quesito entre todas as empresas avaliadas. A nota geral da SAS foi 8,07.

A quarta posição da Scandinavian Airlines no ranking representa um salto enorme da companhia em comparação com a edição anterior da pesquisa, na qual ela apareceu em 36º lugar. O maior avanço da empresa foi no item qualidade do serviço, em que sua nota subiou de 6,5 para 7,9. Qatar Airways, American Airlines e Aeromexico ficaram, nessa ordem, nas três primeiras posições.

A SAS é uma empresa com DNA verdadeiramente escandinavo - e essa identidade não se restringe a seu nome. Ela nasceu em 1946 a partir da união das operações da Svensk Interkontinental Lufttrafik, da Suécia, da Det Danske Luftfartselskab, dinamarquesa, e da norueguesa Det Norske Luftfartselskap. No ano passado, a companhia transportou 28,8 milhões de passageiros, um recorde em sua história.

Pouco depois de sua fundação, a SAS lançou um voo entre o Rio de Janeiro e Copenhague, na Dinamarca. A linha existiu até 1991, quando a empresa, uma das fundadoras da Star Alliance, uma aliança global de companhias aéreas, deixou de atuar no mercado brasileiro. 

Clique aqui e conheça o ranking completo da AirHelp.