Preloader

Meio Ambiente e Sustentabilidade

Orgânicos já ocupam mais de 10% da área dedicada à agricultura na Dinamarca

terça-feira, 26 de março de 2019
Orgânicos já ocupam mais de 10% da área dedicada à agricultura na Dinamarca

Conhecida por ser, proporcionalmente, um dos países com maior consumo de produtos orgânicos do mundo, a Dinamarca acaba de superar uma outra marca expressiva: agora, mais de 10% de toda a área agrícola do país já é ocupada pela produção de orgânicos. Os dados foram revelados neste mês pela agência agrícola Landbrugsstyrelsen.

Segundo a agência, a Dinamarca tem hoje cerca de 4 mil agricultores atuando nesse segmento da produção rural. Dos 2,7 milhões de hectares dedicados à agricultura, cerca de 280 mil, ou 10,5% do total, são ocupados por produção orgânica. Para efeito de comparação, no Brasil, menos de 1% dos 350 milhões de hectares utilizados hoje pela agricultura são destinados à produção orgânica.

LEIA TAMBÉM:
Crianças que vivem em meio à natureza tornam-se adultos mais felizes, diz estudo dinamarquês
Para preservar espécies, Noruega fará seu primeiro "censo de insetos"
Dinamarca está perto de viver escassez de alimentos orgânicos, diz pesquisa

"O desejo de mudar para o orgânico está se refletindo em todo o país e tem sido impulsionado pela demanda dos consumidores", disse Ane Førde, diretora de orgânicos da Landbrugsstyrelsen, segundo registro do jornal The Copenhagen Post. “Estamos trabalhando agora em adaptações a novas condições da natureza e do clima e já fortalecemos as opções de apicultura orgânica e criação de coelhos. [Essas iniciativas] ajudam a Dinamarca a figurar entre as líderes globais em orgânicos."

O consumo de orgânicos é alto no país, mas a produção não abastece apenas o mercado interno. Entre 2016 e 2017, as exportações do segmento cresceram 20%. Alemanha, China e Suécia são os principais compradores, absorvendo 66% das vendas dinamarquesas de orgânicos para o mercado externo.

O salto dinamarquês na agricultura orgânica, que dispensa o uso de pesticidas sintéticos e outros químicos, não é casual: há uma ação efetiva do Estado nesse crescimento. No ano passado, segundo registrou o jornal Finans, o governo do país anunciou um plano de incentivo para agricultores que decidissem migrar da agricultura convencional para a orgânica. O investimento no plano é de 1,1 bilhões de coroas, valor que equivalente, hoje, a mais de R$ 640 milhões.

(Foto: Flickr/News Øresund)